Espaço para comentar notícias, falar sobre o cotidiano, política, comunicação, e a cultura que nos leva a ser quem somos. Ou será o contrário?

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Trocas, Tralhas e Traquitanas

O evento que acontece dia 06 de dezembro é para quem quer fazer diferente neste Natal, trocar o que tem no armário e ainda aprender sobre um costume antigo, o - escambo. É o que promete a organização, que além da reunião para trocas de peças ainda preparou oficinas de brinquedos recliclados e intervenções artísticas com diversos nomes. Fazen oarte da iniciativa Kátia Almeida, Pindorama, Lulu Figueiredo, ATAC - Arte Tribo Arte Cultura, Lilitka, Brechó Patty Garage Salle, Pixels, Atelier Ousadia, Gabinete de Curiosidades, entre outras. Algumas atividades têm horários diferenciados. A oficina de briquedos reciclados acotnece das 16h às 18h e as trocas - ou escambos - das 17h às 19h. No local tem ainda o Café Pindorama e um posto de arrecadação de donativos para Santa Catarina.

Quando: 06 de dezembro - sábado
Horário: das 10h às 20h
Local:Atelier Pindorama - Rua Pindorama 69, Bairro Teresópolis Quanto: Gratuito.
Mais informações: (51) 9914-3791 e 3339-7768 ou pindorama69@gmail.com





OBS: O blog estará "em férias" até janeiro, após uma viagem e descanso merecidos somados à minha necessidade de colocar o resto em dia antes de voltar a reativá-lo. Então, por enquanto, Feliz 2009 e até lá!

domingo, 23 de novembro de 2008

Toca da Coruja


Porto Alegre ganhou mais uma opção nesta semana. É a Toca, na esquina das ruas Olavo Bilac com Lima e Silva. A casa concentra cervejas especiais e é, literalmente, a toca da cerveja Coruja, que já era encontrada em alguns lugares como o Zelig e Apolinário, entre outros. Mesas para casais e grupos ao ar livre ou no interior e ainda no balcão com bebidas de diferentes graduações e tamanhos. À noite a iluminação valoriza o verde ao redor e aumenta a sensação de toca.

terça-feira, 11 de novembro de 2008

I Prêmio Gaúcho de Arte Eletrônica

Já está na fase dos finalistas o I Prêmio Gaúcho de Arte Eletrônica, do site Artistas Gaúchos. Animação e poesia fazem parte das obras candidatas. Para votar, basta clicar aqui. E, para saber em que está votando, basta assistir os vídeos abaixo.

Artes Visuais
> Escala de Cor do Tempo, de Letícia Lampert


> O Vampiro, de Jefferson Vieira Barboza


> Webmacumbasex, de Ronaldo Ferreira


Cartum

> Animações, de Monika Papescu

> E por falar em animação..., de Maumau

> Idoso, de Leandro Dóro


Literatura (4 finalistas)

> Finais Felizes, de Ana Mello

> Poema Arquipélago e Novela Desfocado, de Mauro Paz


> Ricardo, O Bardo, de Ricardo Silvestrin


> Rufar dos Tambores, de Rubem Penz


Prêmio Especial concedido pelo júri

> CiberPoesia, de Ana Gruszynski e Sérgio Capparelli

Os espigões de Porto Alegre (ou o sol é para todos)

A polêmica do momento são os "espigões", termo que surgiu para definir os prédios altos (antes "arranha-céus") que, em tese, descaracterizariam a paisagem dos locais onde forem construídos. Amanhã mesmo a Câmara de Vereadores deve ter uma sessão sobre o tema, para tratar de uma proposta de construção de prédios na orla do Guaíba, culminando próximo ao Museu Iberê Camargo e ao em breve inaugurado shopping Barra Shopping Sul. Outro caso é o da construção na Lima e Silva, em frente ao centro comercial Nova Olaria.

Eu não sou contra a modernização da cidade, muito pelo contrário. Mas acho que construções desenfreadas de prédios imensos em áreas de preservação ambiental e/ou com características peculiares como a Cidade Baixa, são, no mínimo, dignas de preocupação e ajuste. Não sou engenheira, nem arquiteta, nem projetista, mas me parece impossível que não exista solução para o caso do entorno do Guaíba e para o da Lima e Silva sem tapar o sol de centenas. Com menos andares, e provavelmente menos lucros, sim. Mas e o custo para os moradores, para quem paga os impostos, para as pessoas que compraram imóveis residenciais ou comerciais na área apostando em um Plano Diretor que presumia-se sério e só passível de mudanças mediante estudos aprofundados? Isso sem falar no ecossistema local.

Não concordo totalmente com uma das idéias difundidas de que o terreno da orla seja comprada pelo poder público para este investir, porque sabemos no que dá. Que o digam a nossa zona portuária e a nossa Ipanema, que há diversas eleições são objeto de promessas de investimento e nunca saem do papel. Prova disso é que até uma simples faixa de segurança e sinalização (eletrônica e placas) são difíceis de conseguir. Não sei se já colocaram, mas em frente ao Iberê, nos primeiros dias, ao menos, com toda a divulgação da data de inauguração e do movimento que haveria, não colocaram sequer faixa. E alguém fez alguma coisa quanto à iluminação no caminho entre o Museu e o futuro shopping? Nada, ir embora dali é para quem tem carro ou pode pegar táxi, já que até ônibus é difícil, já que só vai para o bairro.

Mesmo assim, a iniciativa privada não pode tomar conta além dos interesses que, estes sim, devem ser públicos e comuns à maioria. Projetos vanguardistas podem e devem ser estimulados, mas não sem o acompanhamento responsável de autoridades e comunidade.

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

TV na web. De graça (até certo ponto)

O site http://www.hulu.com se propõe a disponibilizar filmes e séries - inclusive as que já não passam mais - de graça. Mas é claro que com comerciais... nada é perfeito. O outro probleminha é que nem tudo está na íntegra como prometido. Mesmo assim, a idéia já ganhou adeptos de peso: o Google e o You Tube parecem que irão enveredar pelo mesmo caminho. Vale a pena conferir, o acervo, em capítulos ou na íntegra, vai desde animes e desenhos como Simpsons a séries como Saturday Night Live, House, The Office... além de filmes, como Molin Rouge. E ainda tem notícias (NBC, etc).

sábado, 8 de novembro de 2008

Animações

Essas vão para quem curte animações, já que o You Tube está recheado delas, mas a tv aberta ainda não divulga a contento.





E esta aqui é para quem pensa que é preciso muitos recursos para colocar um vídeo na rede. E ainda dá pra dançar.

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Repórter Esso com CD na Feira do Livro


O livro 'O Repórter Esso – A Síntese Radiofônica Mundial que Fez História', do jornalista e professor universitário Luciano Klöckner, editado pela AGE em parceria com a Edipucrs, terá sessão de autógrafos no próximo sábado (08), às 18h30min, no Pavilhão de Autógrafos da 54ª Feira do Livro de Porto Alegre, com uma novidade: um CD com áudios originais do noticiário. Além do autor estará presente o locutor Lauro Hagemann (Repórter Esso de Porto Alegre).

Sessão de Autógrafos do livro-cd da Opereta Pé de Pilão na 54ª Feira do Livro e temporada no Teatro Renascença

No próximo domingo, dia 09 de novembro, Cláudio Levitan e a Turma do Pé Quente estarão presentes na 54ª Feira do Livro de Porto Alegre para a sessão de autógrafos do livro-cd que conta em quadrinhos a história do menino que virou pato: Pé de Pilão, de Mário Quintana. A sessão acontece às 17h no Hall da Casa do Pensamento - Armazém A do Cais do Porto.

Turma do Pé Quente - Foto: Clovis Dariano

A Opereta Pé de Pilão também está com nova temporada de 15 de novembro a 07 de dezembro, no Teatro Renascença (Av. Érico Veríssimo, 307), com espetáculos sempre aos sábados e domingos, às 16h. Tudo começou há 30 anos, quando Mery Weiss convidou Cláudio Levitan para musicar, com a autorização do autor, o texto Pé de Pilão, de Mario Quintana. Levitan convidou Nico Nicolaiewsky e Vitor Ramil, que juntos musicaram o texto completo e criaram a música da Turma do Pé Quente, que narra a história na peça. Lançado em 2006, ano do centenário de Quintana, o espetáculo recebeu o Prêmio Açorianos de Melhor Trilha Sonora para Teatro Infantil daquele ano, com a direção de Mário de Ballentti. Agora, finalmente, as crianças podem levar para casa as músicas que saem cantando do teatro, em cd gravado com o apoio do Fumproarte.

A obra Pé de Pilão foi lançada em 1975, depois de 30 anos censurada pelo Estado Novo de Getúlio Vargas, que condenou o texto por se referir à polícia como "um cavalo montado noutro cavalo". Cláudio Levitan também fez, nos anos 80, uma edição em quadrinhos, do livro, cuja edição está esgotada. O encarte do cd recupera os quadrinhos, que podem ser pintados e completados com os diálogos da peça e do texto de Quintana pelas crianças, que também têm acesso a um glossário com as palavras mais curiosas utilizadas pelo poeta.

O elenco atual é composto por Cláudio Levitan, Ian Ramil, Ed Lannes, Melissa Arievo e Pâmela Amaro. O grupo de cinco atores-músicos conta e canta a história do menino que virou pato e sua avó enfeitiçada, que perde seu encanto, o de nunca envelhecer. O pato, na tentativa de reencontrar sua avó enviando-lhe uma foto, é preso pelo cavalo-polícia, junto com o macaco retratista e o passarinho da máquina fotográfica. Uma aventura que envolve cobra, fada enfeitiçada, Nossa Senhora, meninas traquinas, professor Dom Galaor, e muitos feitiços até ele reencontrar a sua avó enfeitiçada.

No cd, além de Cláudio Levitan, Ed Lannes, Ian Ramil, Melissa Arievo e Ju Dariano, há participações especiais de Nico Nicolaiewsky, Vitor Ramil, Hique Gomes, Renato Mujeiko e Fernando Pezão. A produção é assinada por Kiko Ferraz e Cláudio Levitan, que é também responsável pelos quadrinhos do encarte, com fotos de Eneida Serrano, arte e produção gráfica da Prime Design.

A peça também pode ser apresentada em escolas, que também podem marcar para ir ao teatro. Os fones para contato são 51.3311 9253 e 9871 1800.

Sessões de Autógrafos
Dia: 09 de novembro de 2008
Hora: 17h
Local: Hall da Casa do Pensamento - Armazém A do Cais do Porto
Escritor: Cláudio Levitan
Obra: Opereta Pé de Pilão
Editora: Independente

Serviço
O quê: Opereta Pé de Pilão
Quando: 15 de novembro a 07 de dezembro
Horário: 16h
Onde: Teatro Renascença - Av. Érico Veríssimo, 307

segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Novo lote de ingressos para Madonna

Deu no G1: a partir do último sábado (1º) estão à venda novos ingressos de cadeiras superiores vermelhas e azuis no Estádio do Morumbi para os shows da cantora Madonna em São Paulo, nos dias 18, 20 e 21 de dezembro. Os ingressos custam R$ 300, vendidos pela internet, call center, pontos de venda e bilheterias oficiais. Ainda há ingressos disponíveis para venda em todas as datas de apresentação da cantora, tanto no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, quanto no Estádio do Morumbi, em São Paulo. Mais informações no site da Ticketmaster.

Exposições no MARGS e no MUHM

No final do 2º bloco do Jornal do Almoço de hoje (03), assista as exposições do MARGS sobre ilustrações e expressionismo alemão e também sobre a mostra Desafios: a Medicina e a luta pela vida, do Museu de História da Medicina do RS (MUHM).

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Exposição "Arquivos Abertos" - UNIARTE - OUTUBRO

A Pinacoteca Barão de Santo Ângelo informa sobre a abertura da Exposição ARQUIVOS ABERTOS, no próximo dia  29 de outubro, das 19h às 20h30min. A visitação acontece até 13 de novembro, das 10h às 18h, de segunda a sexta-feira. Integra a programação o seminário "Arte, Documentos e seus Percursos", nos dias 06 e 07 de novembro de 2008, quando também será lançado o catálogo. Veja mais:

Dia 6: das 09h30min - 12h00min
das 14h30min - 17h30min
Dia 7: das 10h00min -12h00min
das 14h30min -17h30min
Lançamento do catálogo: dia 07 de novembro de 2008, às 17h30min.Local: Pinacoteca Barão de Santo Ângelo – Instituto de Artes – Rua Senhor dos Passos, 248 – 1º andar – Centro
Informações: 51 33084302 – e-mail: iapin@ufrgs.br. ENTRADA FRANCA.
 

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Abertos editais de ocupação de teatros

A Coordenação de Artes Cênicas da Secretaria Municipal da Cultura comunica que estão abertas, de 20 a 31 de Outubro de 2008, as inscrições para a ocupação dos teatros do município. São oferecidas temporadas para espetáculos de Teatro, Teatro Infantil, Dança, Música e o Projeto Novas Caras. São cinco temporadas de Teatro, quatro de Teatro Infantil, seis de Dança, quinze de Música, distribuídas entre os Teatro Renascença, Sala Álvaro Moreyra e Teatro de Câmara Túlio Piva. Para cada teatro são, em média, quatro temporadas de Teatro Adulto, quatro de Teatro Infantil, duas de Dança e cinco de Música.

A novidade este ano é que as temporadas para o Projeto Novas Caras também serão contempladas neste processo seletivo com quatro temporadas no Teatro de Câmara Túlio Piva, cada uma delas recebendo uma ajuda de custo de R$ 1.000,00.

A íntegra do Edital está disponível www.portoalegre.rs.gov.br/smc

Outras Informações: Tel: 3289 8066

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Exposição "DESAFIOS: a Medicina e a luta pela vida" inaugura dia 17

A inauguração da exposição que marca o 1º aniversário do Museu de História da Medicina do RS (MUHM) já tem data: 17 de outubro, véspera do Dia do Médico, às 20h. A nova mostra se chamará “DESAFIOS: a medicina e a luta pela vida”, e irá abordar algumas das diversas transformações ao longo da História da Medicina. A busca por conhecimentos para desenvolver a saúde, combater as doenças, aliviar a dor, prolongar a vida e torná-la melhor será mostrada em seis eixos: o conhecimento médico, os costumes, o diagnóstico, as especialidades, as causas das doenças e os tratamentos. DESAFIOS é a exposição de longa duração do MUHM, que ficará em cartaz por pelo menos um ano. A partir desta mostra, o público vai poder ver mais de uma exposição ao mesmo tempo, pois a Sala Rita Lobato passa a ser um espaço multifuncional aberto a iniciativas temporárias. É o caso da mostra “A Medicina através dos selos”, que inaugura também no dia 17, mas encerra no dia 20 de fevereiro de 2009. Outra atração será a inauguração de uma biblioteca de pesquisa com 1.000 livros, entre obras raras, especialidades médicas e uma sessão sobre História da Medicina.

Segundo a diretora do MUHM, a historiadora Juliane Serres, esta mostra é uma versão mais amadurecida da primeira exposição do museu, que explora melhor o acervo e marca momentos específicos da História da Medicina em que houve superação científica e tecnológica na busca de melhores condições de saúde e tratamentos. “O conhecimento do próprio corpo já foi um grande tabu. Técnicas e hábitos que hoje achamos corriqueiros, já foram execrados, e coisas que achamos condenáveis foram consideradas verdades absolutas. Ultrapassar essas e outras fronteiras para avançar cientificamente e chegar à medicina que temos hoje representaram grandes desafios, e é exatamente o que iremos mostrar”, explica a diretora.

Novidades

O museu passa a contar, na Sala Rita Lobato, com um espaço multifuncional, que possibilita a apresentação de mostras temporárias, como a que inaugura junto com a exposição DESAFIOS. A mostra “A medicina através dos selos” evidencia a importância dada pelas sociedades de diferentes épocas e locais a eventos e personalidades da medicina através do lançamento de selos postais. No mesmo espaço, é possível realizar eventos culturais, como saraus, palestras e cursos.

Os pesquisadores que trabalham com a temática da história da medicina e da saúde também vão ter mais um local de pesquisa. O MUHM passa a disponibilizar 1.000 livros selecionados de seu acervo para pesquisa local, firmando-se como instituição que incentiva a pesquisa. No dia da exposição também acontecerá a cerimônia de entrega do Prêmio Prof. Rubens Maciel, que levará dois estudantes para o XIII Congresso Brasileiro de História da Medicina, de 12 a 15 de novembro, em Fortaleza, Ceará, por seus trabalhos apresentados na I Jornada Gaúcha de História da Medicina, em setembro último.

DESAFIOS

A exposição

DESAFIOS está dividida em seis temáticas: o conhecimento médico, os costumes, o diagnóstico, as especialidades, as causas das doenças e os tratamentos. Para ilustrar o conhecimento médico, serão apresentadas algumas contribuições de cientistas como Leonardo Da Vinci e Andréas Vesálio, que em suas épocas, ajudaram a desvendar, com o estudo da anatomia, o grande desafio que era conhecer o corpo humano. Para evidenciar esse processo o acervo do MUHM traz mais uma vez o esqueleto humano da primeira exposição do MUHM (Olhares sobre a História da Medicina).

Na temática sobre os costumes, serão mostrados hábitos que antes eram considerados adequados e que a história mostrou serem prejudiciais à saúde, como escarrar em público ou não lavar as mãos. O público vai poder ver escarradeiras desta época, confirmando este hábito fazia parte da etiqueta.

No eixo sobre as causas das doenças, são apresentadas explicações como a “teoria dos humores” e os “miasmas”, e ainda descobertas, como a do microscópio. Para aplicar um tratamento, é necessário realizar o diagnóstico, que tem nos recursos tecnológicos um importante aliado da observação e da descrição dos casos clínicos. O aparelho de Raio-x foi um desses instrumentos que contribuem para a precisão do diagnóstico e menor sofrimento dos doentes. A origem das vacinas e a resistência da sociedade também são parte da exposição, e em um dos módulos da exposição será possível visualizar três vírus: influenza, da tuberculose e da varíola. Os tratamentos também mudaram ao longo da história: houve épocas em que o uso de sangrias e ventosas era bastante comum, e estas são peças do acervo do museu que estarão ao alcance dos visitantes.

Finalmente, a exposição aborda as especialidades médicas, em especial a obstetrícia, já que a Faculdade de Medicina de Porto Alegre tem origem no Curso de Partos. Outra peça que é atração constante do museu é o phantom, desenvolvido para ensinar parteiras. Um vídeo sobre a especialidade e uma reprodução de sala de cirurgia completam a ambientação.

Estes e outros objetos e histórias estarão disponíveis ao público a partir do dia 18 de outubro, de segunda a sexta-feira, já no horário de verão, das 12h às 20h, e das 15h às 20h nos sábados, domingos e feriados. Visitas e agendamentos de grupos podem ser feitos pelo fone (51) 3029-2900 ou e-mail museu@simers.org.br. O endereço do MUHM é av. Independência, 270, Centro de Porto Alegre.

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

As Doenças e os Medos Sociais


Essa é em São Paulo: acontece nos próximos dias 21 e 22 de outubro, no Anfiteatro do Departamento de História/FFLCH/USP, o evento As Doenças e os Medos Sociais. Mais informações: (11) 3091-8598 ou leer@usp.br.

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Educação ambiental durante a Mateada da Primavera na Praça Dom Sebastião



O Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul (MUHM) realiza neste sábado (27), das 10h às 17h, na Praça Dom Sebastião, a Mateada da Primavera, evento que comemora o início da nova estação com uma série de atividades que vão desde ações educativas sobre a preservação do meio ambiente a uma exposição temática sobre médicos e revoluções, além da presença da Escola do Chimarrão, de Venâncio Aires. A praça fica em frente ao MUHM, na Av. Independência, 270, Centro de Porto Alegre. Serão distribuídos folders da campanha "Em defesa da SAÚDE DO PLANETA", instituída por funcionários do mantenedor do museu, o Sindicato Médico do Rio Grande do Sul. A campanha começou apenas de forma interna, evitando o desperdício de água e uso indiscriminado de copos plásticos e papel, evoluindo para a coleta seletiva do lixo, e vem crescendo tanto que já saiu do ambiente de trabalho. Neste dia também serão entregues mudas de plantas aos participantes do evento com o apoio da empresa Aracruz Celulose, que doou as plantas para o evento. O Hospital Beneficência Portuguesa e o Colégio Rosário também apóiam a Mateada, que ainda terá uma apresentação, pelo DMLU, de uma esquete teatral sobre reciclagem e de uma atividade sobre educação ambiental realizada sobre alunos do Rosário. Membros da Associação de Amigos do MUHM também estarão presentes formando uma roda de chimarrão com assuntos sobre médicos, história e tradicionalismo.

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

O que o Interior do RS tem de bom II


Enquanto isto, em Bagé, uma ótima notícia: a Beneficência Portuguesa, desativada, virou museu. E esta, por inteiro, pois em Porto Alegre há uma convivência entre o hospital e o museu. Aqui, uma reforma que conseguiu unir o novo e o clássico encantam quem conhece o espaço, que deve ganhar um centro cultural vizinho ao terreno. A entrada do prédio é majestosa: parece que estamos chegando a um palácio. O acervo também surpreende: boa parte da história gaúcha passou por Bagé e está lá no Museu Dom Diogo de Souza.


.~.~.~.~.~.~.~.~.~.


Mas as surpresas não param por aí. Procurando um lugar agradável para encerrar a visita à noite? Então procure pelo Bistrô da Iarinha... À primeira vista, o lugar parece um antiquário, com todas aquelas peças que víamos nas casas de nossas mães e avós, ou em feiras e casas de antigüidades.



Tudo sem ferrugem, sem nada trincado ou rasgado, e, PASMEM: dá para sentar ali e USAR aquelas taças, talhares, porcelanas, toalhas, mesas, lindos... O clima ainda é completado com música e, quem quiser - e souber - ainda pode tocar o piano da sala. Dá até um pouco de dó usar aquelas relíquias. Mas o lugar é super simpático, nada de se sentir deslocado.



Um corredor ainda mais (é possível?) bonitinho - mas mais moderno - leva à cozinha e a um pátio florido que na Primavera e no Verão devem ficar uma loucura... Uma curiosidade: a quem visita, dona Iarinha conta orgulhosa que a veia artística é de família. "Sou é mãe daquela moça que canta 'Porto Alegre é demais!' e irmã do Luiz Coronel", diz, com um sorriso. É, pelo jeito, é de sangue, mesmo.

Madonna: Pôlêmica da venda de ingressos continua

São Paulo ganhou mais um dia e o Rio de Janeiro também. Assim, com os extras, serão cinco shows no Brasil:

14 e 15 de dezembro - Rio
18, 20 e 21 de dezembro - SP

Atenção para o que diz a produtora:

A Tickets for Fun informa que para a venda de ingressos dos shows extras da Madonna, será montada uma operação especial no call center durante as 6 primeiras horas de funcionamento nos dois primeiros dias de venda. O objetivo da empresa é atender a grande demanda com uma equipe de profissionais cinco vezes maior do que a disponibilizada anteriormente, entre 0h e 6h de sábado, para as vendas do Maracanã, e no mesmo horário no domingo, para o Morumbi. Na ocasião, estarão a venda ingressos para os dois shows extras da Madonna no Brasil, dia 15 de dezembro no Rio de Janeiro e 21 de dezembro em São Paulo.

O funcionamento do call center será das 0h às 12h, no sábado e no domingo, e para maior facilidade, as ligações serão concentradas em apenas um número de telefone (11) 4004-1007, e não dois números como informado anteriormente. A empresa recomenda, no entanto, que os consumidores optem por ligar para o call center nas 6 primeiras horas. Segundo os especialistas consultados, este é o horário onde o risco de congestionamento nas linhas é menor. Durante este horário, também haverá um número maior de atendentes. Além disso, a T4F esclarece que para maior conforto, os clientes não serão colocados em espera nas chamadas, como normalmente é feito. A linha ocupada significa que há outras pessoas em atendimento naquele momento e é preciso ligar novamente - haverá uma grande quantidade de ingressos disponíveis. A medida visa prevenir longas esperas e diminuir o custo da ligação das pessoas. Para agilizar o atendimento, a empresa também sugere que os consumidores, ao ligarem para o call center já tenham em mãos os dados do cartão de crédito e as opções de ingressos desejados.

Os clientes dos cartões de crédito Bradesco e cartões American Express® Membership Cards, emitidos pelo Banco Bradesco ou Banco Bankpar S.A. poderão comprar os seus ingressos em duas vezes sem juros no cartão.


O telefone do Call center é (11) 4004-1007, com custo de uma ligação local para as cidades atendidas pela Embratel, demais localidades custo de uma ligação interurbana. Aberto a partir da 0h de sábado, dia 13 de setembro, até às 12h. Nos demais dias das 9h às 21h. Serão aceitos todos os cartões de crédito e o serviço é sujeito a taxa de conveniência.

Podiam ser telefones diferentes, não é? A limitação de 6 ingressos por CPF continua.

O que o Interior do RS tem de bom I


Essa é para quem ainda pensa que no Interior as únicas atrações são as que vão para a mídia, como Festa da Uva, Fenadoce, Festival de Gramado e outros eventos que acontecem geralmente na região da Serra.

Aqui vai ser iniciada uma série de boas pedidas, e a primeira é em Jaguarão. Apesar de outro município ter levado o nome, Carlos Barbosa viveu por lá e a família mantém, através de uma Fundação, um Museu-Casa com um acervo muito rico. Infelizmente, não é possível fotografar a parte interna, mas a fachada e o cuidado com o jardim, criado para agradar as mulheres da casa, dá uma boa noção. Internamente, chama a atenção os detalhes e o estado de conservação das peças, como um lustre com lâmpadas de carvão, que além de ser de uma delicadeza ímpar, lembrando uma folhagem, preserva FUNCIONANDO as três lâmpadas ORIGINAIS que lá estão há mais de 100 anos. Isto é que é durabilidade...


Os quartos do casal e das filhas são uma verdadeira viagem no tempo, e os aposentos de verão podem ser vistos pela janela do jardim. As salas - eu disse no plural - são testemunhos da vida política de Carlos Barbosa e da sua importância para o RS. Os primeiros telefone e Constituição Estadual, obras de arte, móveis e utensílios tão preservados que, como o povo por lá costuma dizer, parece que a qualquer momento a família vai chegar e continuar a levar a vida.

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Mudanças na LIC RS

A Secretaria de Estado da Cultura (Sedac) apresentou na tarde da última quarta-feira (03), na Casa de Cultura Mario Quintana, as mudanças na normativa da Lei de Incentivo à Cultura (LIC).

O principal item é o aumento no teto do valor pleiteado por Pessoa Jurídica, de R$ 700 mil para R$ 1 milhão. Os projetos com valor limite de R$ 200 mil serão 100% financiados, quando anteriormente só ganhavam recursos equivalentes a 80% do valor total.

As propostas da área de Patrimônio Histórico já edificado também receberão o incentivo em sua integralidade, enquanto os demais ganharão 80%. Outra novidade diz respeito às funções de elaboração e agenciamento, que farão parte de um novo grupo na Planilha de Custos, podendo representar até 5% do valor financiado.

A contrapartida terá algumas modificações, exceto para atividades gratuitas ou com acesso amplo, por apresentarem caráter de inclusão social. Espetáculos e apresentações de qualquer gênero, com cobrança de ingresso, deverão destinar 10% da tiragem a entidades benemerentes e/ou beneficentes, enquanto projetos audiovisuais devem realizar uma exibição, a critério da Secretaria de Estado da Cultura. Já edições literárias, CDs, DVDs ou similares, deverão efetuar a doação de 5% da tiragem à Secretaria da Cultura.

Devoragem no Zelig

Gaúcho de Uruguaiana e vivendo no Rio, Bebeto Alves apresenta seu mais recente disco, produzido por ele mesmo. Com 12 faixas, “Devoragem” é o 20º "disco" de sua carreira.

No solo “Devoragem” o artista promete quatro instrumentos: dois violões, Saz Baglama (um instrumento turco de cordas) e Bendir (instrumento de percussão marroquino). O espetáculo vai ter a participação de Vagner Cunha, nas canções “Paint it Black”, “Milonga de Paus” e em alguns improvisos.

O que: Show de Bebeto Alves
Onde: Zelig Bar e Restaurante - Rua Sarmento Leite, 1086
Data: dias 11 e 12 de setembro (quinta e sexta) às 21h30min
Quanto: R$ 15,00
Mais informações: 51 3286-5612 e O que: Show de Bebeto Alves
Onde: Zelig Bar e Restaurante - Rua Sarmento Leite, 1086
Data: dias 11 e 12 de setembro (quinta e sexta)
Horário: 21h30
Quanto: R$ 15,00 (quinze reais)
Mais informações: 51 3286-5612 e http://www.bebetoalves.com.br/devoragem.htm

MorroStock 2008

O primeiro MorroStock Open Air Festival aconteceu de 11 a 14 de outubro de 2007, no Bar do morro, em Sapiranga, numa área verde ao pé do Morro Ferrabraz. A edição do ano passado contou com aproximadamente 2,5 mil pessoas e reuniu 23 bandas de rock locais, nacionais e internacionais. Hoje foi divulgada a lista de bandas e datas do MorroStock 2008:

17 de outubro - SEXTA - 21h:

Os Inocentes (SP)
Dominatrix (SP)
Redoma (POA)
Os Alcalóides (POA)
Lautmusik (POA)
Rádio Camboja (Novo Hamburgo)
Rinoceronte (Santa Maria)
Cü Sujo (Lajeado)
Nunca Mais! (Sapucaia)
Filhotinho (Estrela)
Belle (POA)
Jay Adams (POA)
Gertrudes(Sapiranga)

18 de outubro - SÁBADO - 18h:

Ney Van Soria
Pata de Elefante
Júlio Reny e Os Irish Boys
Identidade
Barata Oriental
Cartolas
Superguidis
Planondas
Dinartes (Passo Fundo)
Severo em Marcha (Passo fundo)
Amigo Lagarto (Canoas/Sapucaia)
Ecosofia (Sapiranga)
Verde Maduro (Sapiranga)

19 de outubro - DOMINGO - 14h:

Os The Darma Lovers
Laranja Freak
Fruet e Os Cozinheiros
Subtropicais
Bandinha Di Dá Dó
Pindoralia (Caxias do Sul)
Nonsense - a Banda
Daniel e Saturno Experiment
Dose de Rock (Sapiranga)

Mais informações: http://rockgaucho.com.br

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Curso de extensão em processo de musealização

O Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul (MUHM) sedia, de 22 de setembro a 24 de novembro, sempre às segundas-feiras, o curso de extensão "Processo de Musealização", ministrado pela professora Dra. Maria Cristina Pons da Silva. O curso tem como objetivo oferecer conhecimento teórico e exercício prático referente às ações do processo de musealização: aquisição, conservação, pesquisa, documentação e comunicação. A carga horária é de 40 horas e as inscrições podem ser feitas pelo e-mail eventosmuseu@simers.org.br ou no próprio museu, que fica na Av. Independência, 270. As aulas acontecerão no auditório da Beneficência Portuguesa, sede do MUHM, e por isso as vagas são limitadas a 30 pessoas.

O programa do curso inicia com uma apresentação sobre a origem e evolução da instituição museu, passando por códigos de ética, gestão de acervo, aquisição, documentação, preservação, conservação, acondicionamento, pesquisa, atendimento aos visitantes, diferentes tipos de exposição, metodologia e parcerias. Ao longo do curso, que é realizado em 10 semanas, das 18h às 21h30min, os participantes realizam exercícios, e ao final elaboram um projeto de exposição e de visitação, que é apresentado em um seminário.

Mais informações pelo fone (51) 3029.2900.

domingo, 31 de agosto de 2008

Dono do próprio número: portabilidade

A partir desta segunda-feira moradores de algumas cidades do país serão beneficiados com a chamada "portabilidade", em que é possível trocar de operadora ou de endereço sem mudar o número de telefone. A medida vai acirrar a concorrência - que agora faz de tudo pra convencer o cliente de que a idéia é boa, mas a verdade é que adoravam a fidelidade forçada existente até então.

A portabilidade numérica entrará em vigor na próxima segunda-feira, 1º de setembro, em oito códigos de área em sete Estados - São Paulo (códigos 14 e 17), Espírito Santo (27), Minas Gerais (37), Paraná (43), Goiás (62), Mato Grosso do Sul (67) e Piauí (86).

Para o Rio Grande do Sul, por exemplo, o primeiro DDD beneficiado será o 51, assim como o 55, mas só a partir de 05 de janeiro de 2009. No entanto, até 1º de março todas as áreas estarão com o processo concluído. E a mudança de endereço também só vale para dentro do mesmo código de área para celulares e mesmo município para telefones fixos. É claro que vai ter uma taxa, mas a previsão é de que não seja alta, pois a Anatel fixou em, no máximo, R$ 4,00. Algumas operadoras até prometem gratuidade no processo - ou seja, vão embutir em outro custo. As empresas tem até 05 dias úteis para providenciar o trâmite, pelo menos até 10 de março de 2010, quando o prazo baixa para 03 dias. É preciso primeiro combinar com a nova operadora a portabilidade, sem cancelar o número, que deve estar ativo no momento da troca.

Mais informações no site da Anatel, inclusive o cronograma de atendimento e outros direitos e deveres de empresas e consumidores.

Show extra de Madonna e agenda mundial



Além da confirmação de Buenos Aires - que para os gaúchos é uma opção a mais - foi confirmada mais uma apresentação em São Paulo da turne Stick & Sweet, de Madonna. Em BsAs a data é 06 de dezembro, seguido pelo Chile, dias 10 e 11, Rio, dia 14, e em São Paulo, dia 18 - e agora também no dia 20 de dezembro. Analistas classificam o sistema de vendas como elitista e discriminatório - e é - por condicionar cartões e bancos, no caso, Bradesco e Amex. Aliás, como já foi com o Cirque de Soleil. Outra polêmica diz respeito ao custo dos ingressos, que, proporcionalmente, são mais caros aqui que na Argentina e até mesmo na Europa, se comparado o padrão de vida dos habitantes. Mesmo assim, a promessa é de muitos acessos ao site de vendas para os shows no Brasil, que iniciam à meia-noite para quem for comprar ingressos para o Rio.

Quem já viu

A turnê iniciou por Cardiff, no Reino Unido, dia 23 de agosto (Milenium Stadium). Depois, passou por Nice (França) no dia 26, Berlim dia 28, e Zurique: ontem, dia 30, enquanto você estava por aí, de bobeira...



Ainda vão ver antes de nós

Na próxima terça-feira (02) Madonna volta a se apresentar em Amsterdam, depois volta a Alemanha para apresentar-se em Düsseldorf, no dia 04, e no dia 06 vai a Roma. No dia 09, os alemães podem se dizer privilegiados, pois ela está lá novamente, desta vez em Frankfurt. Dia 11 é a vez de Londres, e dia 14, de Lisboa, ora pois. Sevilha e Valência assistem aos shows dia 16 e 18, e Paris recebe a diva nos dias 20 e 21. Finalmente, Viena, Budva e Atenas assistem os shows, nos dias 23, 25 e 27, respectivamente.

E isso era só a Europa, e a América?

Antes de chegar na América do Sul, os norte-americanos, os canadenses e os mexicanos já vão ter visto Madonna. Outubro e novembro é todinho deles. São 23 - sim, VINTE E TRÊS! - shows nos Estados Unidos. QUATRO SÓ EM NOVA IORQUE. Nesse meio-tempo tem também 05 - agora até acho pouco - apresentações no Canadá e, finalmente, antes de descer para o Hemisfério Sul, 02 shows no México, dias 29 e 30 de novembro.

Resto do Mundo

Ah, sim, quem confere a agenda da turnê pode ver que ela é bem dividida: "Europa", "América do Norte" e "Resto do Mundo". Então, tá.

O site da produtora é http://www.ticketsforfun.com.br.

terça-feira, 26 de agosto de 2008

Caminho do Livro



Porto Alegre tem uma nova programação aos sábados à tarde, o Caminho do Livro, na Riachuelo, entre a Borges e a General Câmara. Faz parte das ações de valorização do Centro (agora Centro Histórico, resta saber se o nome pega), que já tem o Caminho dos Antiquários e até o último final da semana teve uma programação especial.

Lançamento do livro "O Repórter Esso – A Síntese Radiofônica Mundial que Fez História"*

Deu na Coletiva:


O livro ‘O Repórter Esso – A Síntese Radiofônica Mundial que Fez História’, do jornalista e professor universitário Luciano Klöckner, editado pela AGE em parceria com a Edipucrs, terá lançamento e sessão de autógrafos na terça-feira, 26, a partir das 18h30, na Saraiva MegaStore do Shopping Praia de Belas. O evento contará com as presenças de Lauro Hagemann (Repórter Esso de Porto Alegre), Fabbio Perez (de São Paulo) e Roberto Figueiredo (do Rio de Janeiro). No dia seguinte, 27 de agosto, às 9h30, os três farão uma palestra gratuita e aberta para a comunidade no auditório da Famecos, no prédio 7 do campus central da PUC.



Na tarde de autógrafos, os presentes poderão ouvir depoimentos e histórias daqueles que participaram ativamente do programa. Fabbio Perez, da edição paulista apresentada na década de 60, conta que, no dia 1.º de abril de 1964, data da tomada de poder pelos militares, foi impedido por eles de apresentar a edição, e Roberto Figueiredo, da versão carioca, relata que, ao fazer a locução da última edição do Repórter Esso em 31 de dezembro de 1968, váias vezes, interrompeu o noticioso e chorou.

Resultado de 10 anos de pesquisa, da dissertação de mestrado e da tese de doutorado de Klöckner, a obra apresenta o histórico do ‘Repórter Esso’, levado ao ar em vários países em formato que buscava originalidade, pontualidade, locução enérgica e notícias curtas. O livro ainda apresenta a análise dos textos do programa radiofônico: “Fiz uma análise crítica das notícias, além de apresentar depoimentos de historiadores, radialistas e jornalistas, mostrando que o noticioso não ficou livre de interesses políticos, sociais e econômicos que compuseram o cenário global dos anos 40, 50 e 60”, diz Klöckner.

No Brasil, o ‘Repórter Esso’ ficou por quase 30 anos no ar, após estrear em 28 de agosto de 1941, poucos meses antes de o país entrar na Segunda Guerra Mundial. A última edição foi em 31 de dezembro de 1968, poucos meses antes de astronautas americanos pisarem na lua. Segundo Klöckner, o fim do noticioso se deveu a dois motivos: no âmbito profissional, ele perdia credibilidade e, no político, a sua missão estava cumprida.

Luciano Klöckner é gaúcho de Porto Alegre. Jornalista e professor universitário, tem duas especializações em jornalismo, mestrado e doutorado em Comunicação. Além deste livro, é autor principal da obra ‘A Noticia na Rádio Gaúcha – Orientações básicas sobre o texto, reportagem e produção’ e do texto final de ‘O Diário Político de Sereno Chaise – 60 anos de história’.



* A blogueira quem vos escreve participa na organização e digitalização das imagens do livro.

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Quanto custa ver a turnê Sticky & Sweet, de Madonna

A divulgação da confirmação dos shows foi nesta segunda-feira (18) e as informações são de que os ingressos irão variar entre R$ 180 e R$ 600. As vendas para o show no Rio, que será no Maracanã, deve iníciar à meia-noite do dia 1º de setembro, e para o do Morumbi, em São Paulo, à meia-noite do dia 03 de setembro. Pela Internet e call center só serão vendidos ingressos a clientes do American Express e Bradesco. Nestes casos, é obrigatório fazer o cadastro, que inicia dia 20 de agosto e vai até dia 29 de agosto. A idéia é poder simular o processo de compra antes da abertura das vendas, escolhendo o local, de arquibancada a entrada VIP. Só será permitida a compra de 06 ingressos por CPF, para cada apresentação, e a venda de meia-entrada também deve ser disponibilizada no site.

Madonna no Brasil

Foram liberadas as informações sobre os shows da Madonna no Rio e em SP. Serão dias 14 e 18 de dezembro, mas o cadastro para a compra, para agilizar quando for realmente pagar, já começam dia 20 de agosto. O site da produtora é http://www.ticketsforfun.com.br.




domingo, 17 de agosto de 2008

Buarqueanas



Estreou nesta sexta-feira (15) à noite com financiamento do Fumproarte e segue até 07 de setembro, no Teatro de Câmara Túlio Piva (Rua da República, 575), o espetáculo Buarqueanas. Os horários são às sextas e sábados, às 21h, e domingos às 20h. O valor do ingresso é de R$ 15,00 e há descontos de 50% p/ idosos, estudantes e classe artística. Ingressos antecipados tem 20% de desconto no Restaurante Via Imperatore (República, 509).

No elenco estão Márcia Kopczynski, Patrícia Unyl, Clarice Nejar, Cristiane Bilhalva, Ekin, Ed Lannes, Juliano Barros. A direção geral é de Patrícia Unyl, que também assina a pesquisa, concepção e direção artística com Márcia Kopczynski. A direção cênica é de Arlete Cunha e a direção musical e trilha sonora de Mateus Mapa e Leonardo Boff. Os músicos são Ed Lannes, Nicola Spolidoro e Mateus Mapa.
Orientação dramatúrgica de Diones Camargo e preparação vocal de Cláudia Braga. Orientação corporal de Cláudia Sachs e cenografia de Fernando Bakos, Lisiane Rabello e os Cowbees. Instalação de Lisiane Rabello e os Cowbees e projeto gráfico de Fernando Bakos e Daniel Ferreira. Arte final de Daniel Ferreira e Inês Hübner. Orientação de figurino de Patrícia Preiss e iluminação: Mirco Zanini. Fotografia: Luciana Mena Barreto e Divulgação: Sandra Alencar. Produção: Inês Hübner.
Exposição de Bustos de Nina Eick e de fotos de Luciana Mena Barreto.
Participação Especial de Maria Vai com as Outras.

sábado, 16 de agosto de 2008

Noite de Jazz em NH


terça-feira, 12 de agosto de 2008

Literatura, poesia, medicina e revolução: livro de Antero Marques tem lançamento no Muhm

Será lançado hoje (12) às 19 horas, no Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul (Muhm), em Porto Alegre, o livro Estrela Boieira (Suliani Letra & Vida Editora). Organizado por Paulo Estivalet Flores Pinto, Miguel F. do Espírito Santo, Valdir Amaral Pinto e Fausto José Leitão Domingues, a obra reúne poesias inéditas do médico Antero Marques, escritas na maioria entre 1923 e 1930. Antero era natural de São Francisco de Assis, participou das revoluções de 1923 e 1930, formando-se em medicina em 1931. Antero Marques pertenceu ao grupo de Aureliano de Figueiredo Pinto, José de Figueiredo Pinto (Zeca Blau), Raul Bopp, Vargas Neto, José Olavo Machado, Olmiro de Azevedo, entre outros grandes nomes. O evento terá a participação do cantor nativista Dorotéo Fagundes e da declamadora Liliana Cardoso.

O acervo do Muhm conta com fotografias, poemas e a tese do MD. Antero Marques, doados por sua sobrinha, Vanda Krindges Marques. Ainda estudante, o MD. Marques lutou na Revolução de 1923. Em 1930, voltou a lutar, ao lado de Getúlio Vargas. A conquista garantiria ao profissional o diploma sem terminar os estudos. Ele, no entanto, recusou o privilégio.

Durante o lançamento, a apresentação do momento poético do médico fica a cargo de Miguel F. do Espírito Santo, um dos organizadores do livro. As influências recebidas, as relações com a literatura, o movimento modernista e a valorização do espírito da terra são alguns dos aspectos que serão apresentados. Depois, Dr. Eduardo Cünha Muller falará sobre a vida de Antero Marques: o guerreiro, as revoluções, a família.

O evento acontece na sede do Museu (na av. Independência, 270, Centro de Porto Alegre) com o apoio do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers) e deve contar com a presença dos organizadores, coquetel, sessão de autógrafos e de declamação de poesias acompanhadas musicalmente.

 Carteira de Matrícula de 1928 na Faculdade de Medicina de Porto Alegre, assinada pelo MD. Sarmento Leite. - Acervo MUHM.
Carteira de Matrícula de 1928 na Faculdade de Medicina de Porto Alegre, assinada pelo MD. Sarmento Leite. - Acervo MUHM.

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

O pato que virou cd ou o menino que virou peça, não necessariamente nesta mesma ordem



O menino que virou pato, que virou peça e que virou cd. Tudo começou há 30 anos, quando Mery Weiss convidou Cláudio Levitan para musicar, com a autorização do autor, o texto Pé de Pilão, de Mario Quintana. Levitan convidou Nico Nicolaiewsky e Vitor Ramil, que juntos musicaram o texto completo e criaram a música da Turma do Pé Quente, que narra a história na peça. Lançado em 2006, ano do centenário de Quintana, o espetáculo recebeu o Prêmio Açorianos de Melhor Trilha Sonora para Teatro Infantil daquele ano, com a direção de Mário de Ballentti. Agora, finalmente, as crianças poderão levar para casa as músicas que saem cantando do teatro, em cd gravado com o apoio do Fumproarte. A Opereta Pé de Pilão volta a cartaz no Teatro de Câmara Túlio Piva (rua da República, 575), de 23 a 31 de agosto, às 16 horas, aos sábados e domingos.

A obra Pé de Pilão foi lançada em 1975, depois de 30 anos censurada pelo Estado Novo de Getúlio Vargas, que condenou o texto por se referir à polícia como "um cavalo montado noutro cavalo". Cláudio Levitan também fez, nos anos 80, uma edição em quadrinhos, do livro, cuja edição está esgotada. O encarte do cd recupera os quadrinhos, que podem ser pintados e completados com os diálogos da peça e do texto de Quintana pelas crianças, que também têm acesso a um glossário com as palavras mais curiosas utilizadas pelo poeta.

O elenco é composto por Cláudio Levitan, Ian Ramil, Ed Lannes, Melissa Arievo e Pâmela Amaro - Ju Dariano canta no cd, mas a maternidade recente a afastou da peça. O grupo de cinco atores-músicos conta e canta a história do menino que virou pato e sua avó enfeitiçada, que perde seu encanto, o de nunca envelhecer. O pato, na tentativa de reencontrar sua avó enviando-lhe uma foto, é preso pelo cavalo-polícia, junto com o macaco retratista e o passarinho da máquina fotográfica. Uma aventura que envolve cobra, fada enfeitiçada, Nossa Senhora, meninas traquinas, professor Dom Galaor, e muitos feitiços até ele reencontrar a sua avó enfeitiçada.

No cd, além da Turma do Pé Quente, formada pelo Cláudio Levitan, Ed Lannes, Ian Ramil, Melissa Arievo e Ju Dariano, há participações especiais de Nico Nicolaiewsky, Vitor Ramil, Hique Gomes, Roberto Mujeiko e Fernando Pezão. A produção é assinada por Kiko Ferraz e Cláudio Levitan, que é também responsável pelos quadrinhos do encarte, com fotos de Eneida Serrano, arte e produção gráfica da Prime Design.

O pré-lançamento acontece dia 18 de agosto na Sálvia Pizza - Moinhos (rua Comendador Caminha, 338), com a presença de toda a produção envolvida, imprensa e convidados. No dia 22 o grupo faz uma apresentação especial para escolas e, aos sábados e domingos, de 23 a 31 de agosto, acontece a temporada aberta ao público. Agendamentos de escolas também são aceitos e podem ser feitos pelos fones (51) 3321-2602 ou 9958-0130.


Serviço:
O quê: Opereta Pé de Pilão
Quando: sábados e domingos, de 23 a 31 de agosto de 2008
Horário: 16 horas
Onde: Teatro de Câmara Túlio Piva - Rua da República, 575
Quanto: R$ 15,00 com 30% de desconto para o Clube do Assinante ZH (titular e acompanhante)
CD: estará à venda na bilheteria do teatro

terça-feira, 29 de julho de 2008

Ciclo de palestras sobre Patrimônio

Na próxima quinta-feira (31), inicia no Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul (Muhm) um novo ciclo de palestras. O ciclo Patrimônio sucede as discussões sobre Museus e Educação e vai trazer profissionais de arquivos, faculdades e museus. O historiador Paulo Staudt Moreira abre o ciclo apresentando "O Arquivo Histórico do Estado como espaço de patrimônio e memória". Moreira é doutor e professor em História pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), organizador e transcritor paleográfico do acervo documental manuscrito do Arquivo Histórico do Rio Grande do Sul (AHRS). O pesquisador também coordena o projeto de recuperação de documentos históricos da Beneficência Portuguesa, realizado através de convênio entre a Unisinos, AHRS, Sindicato Médico do RS (Simers) e a Sociedade Portuguesa de Beneficência.

O Quintas no Museu é um evento gratuito e aberto à comunidade para conversas sobre saúde da mulher, história da medicina, literatura e atrações musicais. Os encontros acontecem às 18 horas no hall do museu e fazem parte da programação da mostra Mulheres e Práticas de Saúde: Medicina e Fé no Universo Feminino, prorrogada até 1º de outubro.

Na semana seguinte, dia 07, o tema será "A Educação Patrimonial no Arquivo Histórico de Porto Alegre Moysés Vellinho", com a diretora da entidade, a arquivista Karine Georg Dressler. Dia 14 a palestra será "Patrimônio: um conceito em transformação", com Zita Possamai, historiadora, mestre e doutora em História, professora da UFRGS, autora e organizadora de livros e artigos sobre museus e patrimônio histórico-cultural, especialmente de Porto Alegre. No dia 21 Marlise Giovanaz, graduada, mestre e doutoranda em História, professora da FABICO/UFRGS nos cursos de Biblioteconomia, Arquivologia e Museologia, pesquisadora das temáticas de memória e patrimônio, fala sobre "Patrimônio Cultural de Porto Alegre: reflexões e perspectivas". O encerramento será dia 28 com Simone Flores Monteiro, coordenadora do Sistema Estadual de Museus do RS e membro do Comitê Gestor do Sistema Brasileiro de Museus, falando sobre a Política Nacional, o Sistemas Brasileiro e o Estadual de Museus.

Serviço:

CICLO PATRIMÔNIO: de 31 de julho a 28 de agosto de 2008
Quintas no Museu: todas as quintas-feiras: 18h
Tema de 31/07/2008: O Arquivo Histórico do Estado como espaço de patrimônio e memória
Convidado: Paulo Staudt Moreira, doutor e professor em História pela Unisinos, organizador e transcritor paleográfico do acervo documental manuscrito do Arquivo Histórico do RS
Local: Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul (Muhm)
Av. Independência, 270 – Centro – Porto Alegre
Entrada: gratuita
Apoio: Sindicato Médico do RS (Simers)
Mais informações: (51) 3029-2900 – www.muhm.org.br

Clique aqui para imprimir ou enviar para uma lista a divulgação do programa completo
.

sexta-feira, 18 de julho de 2008

Humor em tempos de crise


Título: Cotações
Técnica: Aquarela
Veículo: Sindibancários
Local: Porto Alegre

Vida de chargista é dura, fazer arte e informar através da imagem, apelando para o humor até mesmo em situações de crise. E, para quem gosta de charges, o blog da Grafar é um prato cheio. A charge postada ontem, do Bier, não pode ser mais perfeita. E a do Santiago, na quarta-feira? Sempre na mosca.

Gostou? Tem muito mais. E ainda opiniões sobre charges publicadas pelo mundo, como a última retratando o candidato Democrata à presidência dos EUA, Barack Obama, com comentários dos chargistas. Afinal, nem sempre, como nesse caso, a charge é bem interpretada. Curioso? Confira.

Título: Operacões da PF
Técnica: Caneta e aquarela
Veículo: Acervo do autor
Local: Porto Alegre

terça-feira, 15 de julho de 2008

Show extra de Jorge Drexler em Porto Alegre

Depois da confusão das vendas de ingressos (eu já sabia...) para o 3° Festival de Inverno na segunda-feira (14), especialmente com relação ao show de Jorge Drexler, o artista fará uma apresentação extra no dia 20. A venda simultânea no Centro Municipal de Cultura e no Teatro do Bourbon Contry, somada a um problema do sistema (esperamos que seja só isso...) que travou no CMC e andou no Bourbon, fez com que diversas pessoas na fila do CMC ficassem de fora mesmo estando bem posicionadas. Com o show extra, a prefeitura espera ver solucionado o problema e quem perdeu ganha nova chance. Veja o que diz o site da Prefeitura de Porto Alegre:


O show de Jorge Drexler, programado para abrir o 3. Festival de Inverno no dia 21 de julho, terá sessão extra no domingo, dia 20, às 22h no Teatro do Bourbon Country. Os ingressos para o oscarizado cantor, ao convidativo preço de R$ 20,00, que será mantido na sessão extra, esgotaram-se em pouco mais de duas horas na segunda-feira. Além disso, falhas no sistema de comunicação entre os dois pontos de venda deixaram quase 200 pessoas presentes nas filas do Teatro Renascença bastante frustradas.

Em razão disso, os realizadores deste evento da Secretaria Municipal da Cultura organizaram uma lista de senhas para aquelas pessoas, que serão contactadas e terão prioridade de compra. Esse grupo será atendido na quinta-feira, dia 17, em local e horário especial. Maiores informações a partir do dia 16 pelo fone 3289.8030.

Esgotado esse contingente, os ingressos restantes serão vendidos ao público em geral na sexta-feira, dia 18, a partir das 10h, nas bilheterias do Teatro do Bourbon Country. Não menos que 600 ingressos serão comercializados neste dia, também a R$ 20,00, somente em dinheiro, mantendo-se o máximo de dois ingressos por pessoa.

Também a banda argentina de tango eletrônico Ultratango está sendo contactada para um show extra, a ser confirmado oportunamente. Como eles, Nei Lisboa e Ná Ozzetti também tiveram seus ingressos esgotados na mesma manhã em que começaram a ser vendidos os ingressos. O 3. Festival de Inverno reunirá 20 espetáculos, seis cursos de alto nível e um ciclo de cinema dedicado a Cacá Diegues entre 20 e 28 de julho. Fernando Morais comentará no dia 26 sua recém lançada biografia sobre o escritor Paulo Coelho.

segunda-feira, 14 de julho de 2008

Pró-Conferência Nacional de Comunicação


Na quinta-feira, dia 17 de julho, às 19h, acontece o lançamento do Comitê Estadual Pró-Conferência Nacional de Comunicação. O ato ocorre no Conselho Regional de Psicologia, localizado na avenida Protásio Alves, 2854, segundo andar, em Porto Alegre. Mais informações em www.proconferencia.com.br. O movimento Pró-Conferência Nacional de Comunicação foi criado oficialmente ao final do Encontro Nacional de Comunicação, que ocorreu em junho de 2007, por iniciativa da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) e da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI) da Câmara dos Deputados. Ele é composto por cerca de 30 entidades da sociedade civil de caráter nacional, além da CDHM e do Ministério Público Federal.

33º Congresso Nacional dos Jornalistas


O 33º Congresso Nacional dos Jornalistas vai acontecer em São Paulo, entre 20 e 24 de agosto, no Novotel Jaraguá São Paulo Conventions. O tema do evento é "Jornalismo, o Mundo do Trabalho e a Liberdade de Imprensa". A programação pode ser conferida no site http://www.33cnj.org.br.

Os preços:
• Jornalista Delegado (com direito aos painéis, oficinas, hospedagem, alimentação, coffe break, material, coquetel de abertura e encerramento) = R$ 220,00. A inscrição nesta categoria deverá, obrigatoriamente, ser efetuada pelo Sindicato dos Jornalistas do seu Estado.
• Jornalista observador sindicalizado (com direito aos painéis, oficinas, coffe break, material, coquetel de abertura e encerramento) = R$ 300,00.
• Jornalista observador não sindicalizado (com direito aos painéis, oficinas, coffe break, material, coquetel de abertura e encerramento) = R$ 400,00.
• Estudante pré sindicalizado (com direito aos painéis, oficinas, coffe break, material, coquetel de abertura e encerramento) = R$ 150,00.
• Estudante (com direito aos painéis, oficinas, coffe break, material, coquetel de abertura e encerramento)= R$ 300,00.

As inscrições encerram dia 11 de agosto, inclusive para inscrição de teses.

Pagamento das inscrições: Banco do Brasil (001) - Agência - 3417-7 - Conta Corrente 380593-X - Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo. Confirmação de pagamento, enviar fax para: (0xx11) 3256-7191 aos cuidados do 33º Congresso Nacional dos Jornalistas.

Passagens aéreas e hospedagem: A agência oficial do evento (Ecology - tel: 11 3845 0273 ecology.turismo@hotmail.com) negociou descontos especiais com as empresas aéreas TAM - 15% de desconto sobre a menor tarifa disponível no ato da reserva e GOL - 12% de desconto sobre a menor tarifa disponível no ato da reserva.

domingo, 13 de julho de 2008

Muito barulho por nada

Finalmente ando colocando em dia os filmes que queria ver. Mas, no geral, por mais badalados que tenham sido, ficaram devendo.

"Onde os fracos não tem vez" vai bem até uns 70% do filme. A cena do cara do outro lado da porta? Medo, tensão, perfeita. Ótimos diálogos, mantendo a ironia apesar de toda a violência ao redor. Mas aí, de repente, parece que alguém gritou "acabou a grana" e filmaram tudo de qualquer jeito. Então eu assisto toda aquela perseguição pra não ver a cena do cara matando o outro? E um sanguinário daqueles (Javier genial) deixa o policial escapar? Aham, então tá.

"Elizabeth" é fotografia, figurino, e era isso (e considerando a época retratada tinha mesmo que ser). Ou talvez o filme devesse se chamar Bess. E olhe que eu adoro as atuações da Cate Blanchett. Valeu pelo Clive Owen.

"O Gângster" vale pela história, o realismo, mas também avacalham no final. Aquela conversinha xoxa do policial e do gângster em questão não tem nada demais pra colocarem com tanto escândalo como extra no dvd. Final alternativo? Eu bem que estranhei em história verídica essa inserção.

"O Cheiro do Ralo" deveria se chamar "A Bunda". E era isso. Ou talvez "O olho do..." Como o próprio Selton Mello disse, ele começou o ano cheirando o ralo e terminou cheirando pó. Ainda bem, porque "Meu nome não é Johnny" é MUITO melhor. De novo, muito disso graças à realidade. Mas o filme é realmente bom, mostra bem onde é que estamos parando. Só os extras decepcionam, a presença do "Johnny" verdadeiro é subaproveitada.

De qualquer forma, os dois filmes que achei bem montados, completos... atuação, roteiro, fotografia, etc... são sobre drogas e as histórias reais. O que não tira o mérito de ninguém, afinal, deve ser difícil ter a pessoa que viveu o filme como juiz. Pena que quando é um livro de ficção que vira filme o resultado é geralmente tão diferente.

"O amor em tempos de cólera" eu já vi esperando me irritar: o clássico do Garcia Marquez em inglês é cruel. Mas eu já sabia disso. Também já sabia que o Javier Barden (porque ele fez isso?) não sentava bem para o papel, mas foi mais deprimente do que eu imaginava. Aquele baita homem fazendo aquela cara de cachoro sem dono que o Florentino tem? Não combina. E faltou brabeza na mocinha, mas tudo bem. Não fosse a Fernanda Montenegro, era tempo perdido. Desculpem o bairrismo, mas é verdade.

Próximos capítulos: "Juno", "Sangue Negro" e "O Caçador de Pipas". Que medo.

sexta-feira, 11 de julho de 2008

Dia Mundial do Rock

Domingo é Dia Mundial do Rock, e a comemoração será no pátio da Usina do Gasômetro, a partir das 14h. Estarão presentes as bandas Replicantes, Graforréia Xilarmônica, Hibria, Street Flash e Yesterdays.

terça-feira, 8 de julho de 2008

A novela da OSPA




Deu na Zero Hora...


Maquete da nova sede da Ospa é apresentada no Piratini
Obra orçada em R$ 30 milhões deve ser concluída em um ano

Atualizada às 16h52min

A maquete da futura nova sede da Ospa é apresentada oficialmente na tarde desta terça-feira para a governadora Yeda Crusius, no Palácio Piratini. A cerimônia iniciou por volta das 15h40min, com a apresentação do projeto feita pelo engenheiro Ismael Solé, e terminou pouco antes das 16h50min. Com orçamento de cerca de R$ 30 milhões, a sala que terá espaço para 1,5 mil pessoas, deve ser concluída em um ano.

A sala sinfônica deve ser construída ao lado da Câmara Municipal, na Avenida Loureiro da Silva. O processo foi iniciado há cinco anos e prevê um prédio de três pavimentos com saguões envidraçados, permitindo a visão da cidade e do Guaíba.
prócimos ensaios seriam na ufrgs

Durante a cerimônia, a governadora ofereceu o Palácio Piratini para o ensaio dos músicos.


E que finalmente seja verdade. O projeto está lindo, inclusive a parte interna apresentada, e a paisagem em volta vai valorizar muito. Resta saber quanto tempo vai levar e rezar para que não se torne mais uma LENDA URBANA como o Metrô, a balneabilidade do Guaíba em Ipanema, o Aeromóvel...

Mostra Internacional de Filme Etnográfico

A 13ª Mostra Internacional de Filme Etnográfico acontece de 12 a 19 de novembro de 2008, no Rio de Janeiro, com o patrocínio da Petrobras, participação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional através do Museu de Folclore Edison Carneiro /Centro Nacional de Cultura Popular, MINC e do SESC-RJ, entre outros. As inscrições estão abertas até 03 de agosto para filmes e vídeos documentários de produção recente, em todos os formatos (película,vídeo e DVD).

sexta-feira, 4 de julho de 2008

Vi ver Porto Alegre II na Fabico

A exposição "Vi ver Porto Alegre II" pode ser conferida até 15/8 no saguão do prédio da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação Social (Fabico) da Ufrgs. As fotos da mostra foram realizadas pelos alunos de diferentes cursos, e não apenas de Comunicação, como inicialmente divulgado, durante a disciplina de Introdução às Técnicas Fotográficas, ministrada pela professora Sandra Gonçalves. Sob diversos ângulos, habitantes, paisagens e arquitetura da Capital estão retratados. Detalhes: (51) 3308-5067.

quinta-feira, 3 de julho de 2008

Tholl no Theatro São Pedro



O Grupo Tholl volta a Porto Alegre no Theatro São Pedro. A temporada iniciou dia 1º e segue até 27 de junho. Os ingressos variam de R$ 25 a R$ 40. Saiba mais sobre o espetáculo:

A OPTC - Oficina Permanente de Técnicas Circenses - foi “acidentalmente” fundada em 1987 quando um grupo de amigos - todos atletas de Ginástica Olímpica (competitiva) e apaixonados pela arte circense - resolveu aliar seu aprendizado acrobático ao teatro e à dança.

Surgiu então a idéia de realizar uma “oficina” objetivando selecionar mais integrantes e criar um grupo circense, um circo sem lona e picadeiro, atuando em teatros e na rua. A OPTC é precursora da nova arte circense no Estado, segundo informações da Secretaria de Cultura do Estado do Rio Grande do Sul..

Várias performances foram montadas, todas de pequeno porte, no início utilizando somente a acrobacia como foco, depois incluindo a pirofagia, o malabarismo, técnicas de clown e pernas-de-pau. Muitos trabalhos experimentais surgem revelando novas idéias.

Após os espetáculos Performances, Visions e Vícios de Voar, em 2002 começa a montagem do espetáculo denominado Tholl, Imagem e Sonho, com um elenco renovado de 17 artistas entre adultos, adolescentes e crianças nas mais variadas atividades, num espetáculo glamouroso, preciso e emocionante.

Atualmente a OPTC conta com 30 alunos entre crianças a partir de cinco anos e adultos, todos em busca de desafios, todos na expectativa de concretizar um sonho: de um dia sentir a magia do circo fluir em seus corpos. O Tholl proporciona em seus oficinões caça talentos, o ingresso de crianças carentes, sem ônus, porém não é formado por crianças de rua.

Novo Circo

Tholl, Imagem e Sonho é apresentando pelo grupo pelotense que, despretensiosamente, montou o trabalho de técnicas circenses, com uma roupagem moderna e arrojada, numa metalinguagem teatralizada. Não faz uso de picadeiro, animais ou arquibancadas. É chamado de “novo circo” e completou cinco anos em cartaz no dia 15 de novembro de 2007.

O espetáculo de circo-teatro tem a duração de 75 minutos e é composto de 13 cenas moduladas que "transmitem" ou "falam", sem uso de texto, de trabalho de equipe, cooperação, humor, ousadia, equilíbrio, desafio, sonho, alegria e muita magia. "Tholl, Imagem e Sonho" encanta e emociona platéias de todas as idades.

O diferencial do Grupo Tholl, além do uso de perucas estilizadas e figurino veneziano de luxo com toques de modernidade, da iluminação sofisticada, da dança coreografada e música vibrante e marcada, está na espontaneidade e naturalidade de cada artista, no amor à arte e na capacidade de superação de seus próprios limites - físicos e emocionais.

Dicas: livro e dvd

"Histórias de Mulheres", de Rosa Montero, aborda as diferentes trajetórias de 15 mulheres que convergem na capacidade de desafiar normas, superar preconceitos e entrar para a História. O trabalho traz à luz biografias como a de Simone de Beauvoir, Camille Claudel e Frida Kahlo, entre outras.




"Cada um com seu cinema" é uma coletânea de curtas de 34 cineastas realizados para comemorar o 60º aniversário do Festival de Cannes e que tem como tema a paixão pelo cinema. Entre os diretores que contribuiram estão Alejandro González Iñarritu, Roman Polanski, Gus Van Sant, Walter Salles, Lars Von Trier, Wong Kar Wai, David Lynch, Claude Lelouch, Nanni Moretti e Amos Gittai.

O museu como espaço de educação não formal

O Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul (MUHM) dá continuidade na próxima quinta-feira (03) ao ciclo Museus e Educação, dentro do seu evento semanal Quintas no Museu. A edição desta semana falará sobre “O Museu como espaço de educação não formal” e será conduzida por Maria Cristina Pons da Silva. A palestrante é museóloga e bióloga, formada pela PUCRS, onde também concluiu o mestrado em Biociências (Zoologia). Doutora em Ciências (Biologia Animal) pela UFRGS, com experiência em documentação e conservação de coleções zoológicas, docência, elaboração e coordenação de projetos museológicos. Mais informações: www.muhm.org.br ou 51 3029-2900.

terça-feira, 24 de junho de 2008

Ospa faz serenata para o Theatro São Pedro ao meio-dia desta sexta-feira

A Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (Ospa), sob regência do maestro Isaac Karabtchevsky, fará uma apresentação dedicada ao Theatro São Pedro, nesta sexta-feira, às 12h30min, em frente ao local, na Capital. Reunida em frente ao Theatro, que comemora 150 anos, a orquestra com mais de 60 músicos tocará e cantará Parabéns a Você.

sexta-feira, 20 de junho de 2008

Ciclo Museus e Educação tem início dia 26 no Muhm

Na próxima quinta-feira, dia 26, o Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul (MUHM) inicia, dentro do seu projeto Quintas no Museu, o ciclo Museus e Educação, com a museóloga Valéria Abdalla, professora do curso de Museologia da UFRGS. O ciclo segue até o dia 24 de julho, e vai trazer, semanalmente, profissionais para debater e apresentar trabalhos sobre o papel dos museus no processo educativo. O Quintas no Museu é um evento gratuito e aberto à comunidade para conversas sobre saúde da mulher, história da medicina, literatura e atrações musicais. Os encontros acontecem às 18 horas no hall do museu e fazem parte da programação da mostra Mulheres e Práticas de Saúde: Medicina e Fé no Universo Feminino.

Serviço:
CICLO MUSEUS E EDUCAÇÃO: 26 de junho a 24 de julho de 2008
Quintas no Museu: todas as quintas-feiras: 18h
Tema de 26/06/2008: Museu e Educação
Convidada: Valéria Abdalla, museóloga e professora do curso de Museologia da UFRGS
Local: Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul (Muhm)
Av. Independência, 270 – Centro – Porto Alegre
Entrada: gratuita
Apoio: Sindicato Médico do RS (Simers)
Mais informações: (51) 3029-2900 – www.muhm.org.br

Mais música

Segunda-feira, 30 de junho, as bandas Subtropicais e Apanhador Só fazem show no Teatro Renascença, em Porto Alegre. O show começa às 20h (na Av. Érico Veríssimo, 307).

Já os poETs "abduzem" Marcelo Birck dia 02 de julho, às 19h30min, na Livraria Cultura, e interpretam dez canções que farão parte do novo CD do grupo, além de quatro hits do CD "Música legal com letra bacana". Marcelo Birck é ex-integrante da Graforréia Xilarmônica e vai cantar quatro canções, entre elas as do seu novo CD "Timbres não mentem jamais". O ingresso é 1 kg de alimento não perecível!

Até o arraial foi parar no shopping

Depois dos cinemas, agora até as festas populares foram para dentro dos shoppings centers. No domingo do dia 29 o Shopping Total tem vai fazer a sua junina, em pleno dia de São Pedro. A organização vai ter fogueira, pinhão, pipoca, quentão, casamento na roça e brincadeiras, a partir das 20h, no Largo Cultural. Esta é a 3ª edição da festa, que é organizada pela Administração do Shopping, Grupo da Vizinhança TOTAL e Associação Cristóvão Colombo.

Teatro com menos impostos

A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei Complementar 351/06, que isenta espetáculos teatrais de Imposto sobre Serviços (ISS). O projeto tramita em regime de prioridade e será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. Posteriormente, seguirá para votação em Plenário. Íntegra do PLP-351/2006.

quinta-feira, 19 de junho de 2008

III Festival de Inverno de Porto Alegre


Prepare-se para as filas, mas não perca o III Festival de Inverno. O evento apresenta entre os dias 21 e 28 de julho em diferentes teatros de Porto Alegre 17 shows com dez bandas e 22 solistas, seis cursos de alto nível com especialistas de grandes universidades, e o ciclo de cinema "O Brasil Segundo Cacá Diegues", com palestras com o próprio. Fernando Morais falará sobre Paulo Coelho como fenômeno literário.

Quem mais vai passar pelo festival:

Acústicos & Valvulados (Dia 25 - 19h - Teatro de Câmara)
Angelo Primon (Dia 24 - 21h - Teatro Renascença)
Banda Municipal de Porto Alegre (Dia 24 - 21h - Teatro Renascença)
Bebeto Alves e Banda (Dia 17 - 21h - Teatro do SESC)
Bruno Gouveia (dia 27 - 21h - Reitoria da UFRGS)
Cartolas (Dia 23 - 19h - Renascença)
Casa de Asas (Dia 27 - 19h - Teatro de Câmara)
Derico (Não confirmado - Dia 24 - 21h - Teatro Renascença)
Edgard Scandurra (27 - 21h - Reitoria da UFRGS)
Felipe Azevedo (Dia 24 - 21h - Teatro Renascença)
Frank Solari (Dia 24 - 21h - Teatro Renascença)
Fruet e os Cozinheiros (Dia 22 - 19h - Renascença)
Geraldo Flach (Dia 24 - 21h - Teatro Renascença)
Izmália (Dia 26 - 19h - Teatro de Câmara)
James Liberato (Dia 24 - 21h - Teatro Renascença)
John Greaves (Dia 23 - 20h - Teatro do SESC)
Jonathan Corrêa (dia 27 - 21h - Reitoria da UFRGS)
Jorge Drexler (Dia 21 - 21h - Teatro do Bourbon)
Marcelo Caminha (24 - 21h - Teatro Renascença)



Onde comprar ingressos e retirar as senhas gratuitas (do site da Prefeitura)

Shows gratuitos

Todos os shows no Teatro de Câmara serão gratuitos. O show abertura (dia 18, 21h, no Teatro do SESC) e do dia 23 (John Greaves, 20h, Teatro do SESC) também. A palestra com Fernando Morais (dia 26, 10h, Teatro Renascença) também será gratuita. Para estes será necessário retirar senha uma hora antes dos eventos nos locais onde eles acontecerão.

Shows pagos

Todos os shows no Teatro Renascença entre os dias 23 e 24 custarão R$ 10,00, os shows dos dias 22, 25 e 26 naquele teatro custarão R$ 20,00. O show do dia 27 na Reitoria da UFRGS custará R$ 15,00. Os shows no Teatro do Bourbon Country (dias 21 e 28) custarão R$ 20,00.

Datas e locais de venda

A venda de ingressos para os shows estará aberta a partir do dia 14 de julho no Centro Municipal de Cultura (av. Erico Verissimo, 307) das 9h às 18h, exceto sábados e domingos, quando abrirá às 18h.

Exceção: a venda para os shows do Teatro do Bourbon Country também acontece a partir do dia 14 de julho nas bilheterias daquele local - não serão comercializados ali ingressos para outros shows.

Bourbon Shopping Country
Av. Túlio de Rose, nº 100 / 2º pavimento
Fone/Fax: (51) 3375.3700
E-mail: recepcao@teatrodobourboncountry.com.br
Site: www.teatrodobourboncountry.com.br

Cursos

Para os cursos, as inscrições estarão abertas a partir do dia 7 de junho Centro Municipal de Cultura (av. Erico Verissimo, 307), ao preço fixo de R$ 10,00.

Ciclo de Cinema

O ciclo de cinema e suas palestras acontecerão na Sala P.F. Gastal da Usina do Gasômetro (av. Pres. João Goulart, 551), a preços usuais (R$ 3,00 e R$ 6,00). Não será cobrado ingresso para as palestras.

quinta-feira, 12 de junho de 2008

Obras de arte roubadas em SP... de novo


G1 - Foto Divulgação
Desta vez foi na Pinacoteca: as obras de Lasar Segal (esquerda, no alto), Di Cavalcanti (direita, no alto) e as duas gravuras de Picasso foram levadas na tarde desta quinta-feira (12) da Estação Pinacoteca, no Centro de SP (Foto: Divulgação). No dia 20 de dezembro do ano passado, foram furtadas do acervo do Museu de Arte de São Paulo (Masp), na Avenida Paulista os quadros “O Lavrador de Café”, de Candido Portinari e “O Retrato de Suzanne Bloch”, de Pablo Picasso, recuperados mais tarde. O ladrão disse que os museus brasileiros não mereciam ter essas obras. O pior de tudo é que no quesito segurança, ele tem lá sua razão. Até quando?

Estudos em Genealogia e Paleografia

Interessados em estudar genealogia e paleografia têm a oportunidade de se inscrever na II Jornada de Estudos Genealógicos - Genealogia e Paleografia, que acontece no próximo sábado, dia 14 de junho, das 8h às 18h, na Sala João Paulo II da Catedral Metropolitana de Porto Alegre (Rua Espírito Santo, 55). Através de palestras e oficinas, o evento pretende propiciar elementos técnicos de leitura paleográfica, análise e interpretação de documentos manuscritos visando a pesquisa genealógica, e é uma realização do Instituto Genealógico do Rio Grande do Sul (INGERS) e do Arcebispado de Porto Alegre. Ministram as oficinas e palestras: Vanessa Gomes de Campos, Gustavo Py Gomes da Silveira, Juslaine Tonin, Viviane Wiedemann Velloso e Gaspar Henrique Stemmer.

Inscrições na Cúria Metropolitana (local do curso) ou no INGERS (Galeria do Rosário, sala 1420). Mais informações pelo fone (51) 3224-3587 ou pelos e-mails ingers@terra.com.br e van.ez@terra.com.br.

segunda-feira, 9 de junho de 2008

I Jornada de História e Saúde: Medicina, Práticas e Instituições

Está aí um evento para quem pesquisa a saúde do ponto de vista histórico. A I Jornada de História e Saúde: Medicina, Práticas e Instituições pretende reunir a produção atual de pesquisas acadêmicas e Institucionais referentes a aspectos de História e Saúde que englobam temas como: Medicina, Práticas e Instituições. A Jornada vai divulgar trabalhos de pesquisas desenvolvidas com eixo temático centrado na preocupação de relacionar história e saúde.

O evento será composto por três mesas formadas por pesquisadores da área. A Conferência de Encerramento será ministrada pelo Dr. Jean-Pierre Goubert.

Mesas Redondas:

8h – 09h: Credenciamento

9h30min – 12h: Mesa 01: Medicina, Práticas e Instituições I
Leonor Baptista Schwartsmann
Lizette Kummer
Felipe Almeida Vieira
Maria Beatriz Kotter
Nikelen Acosta Witter
Mediador: Juliane C. Primon Serres

13h30min – 15h30min: Mesa 02: Medicina, Práticas e Instituições II
Núncia Santoro de Constantino
Paulo Roberto Staudt Moreira
Zely Teresinha Company
Lorena Almeida Gill
Nadia Weber Santos
Mediador: Adriane Raimann

15h30min – 16h00min: Coffe Break

16h00min – 18h00min: Mesa 3: Medicina, Práticas e Instituições III
Adriane Raimann
Ana Paula Kondörfer
Beatriz Teixeira Weber
Juliane C. Primon Serres e Everton Quevedo
Mediador: Leonor Baptista Schwartsman

20h: Conferência

La Conquète de l'eau en France aux XIXè et XXè siècles - A Conquista da Água na França dos séculos XIX e XX

Dr. Jean-Pierre Goubert – Professor da Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales (EHESS – Paris) e Professor da Faculdade de Medicina Lariboisière-Saint-Louis. (Paris).


Jean-Pierre Goubert possui graduação em Licence d'Histoire et Géographie pela Faculté des Lettres et Sciences Humaines de l'Université de Rennes (1963), especialização em DES d' Histoire Ancienne et d' Histoire Moderne pela Universite de Rennes I (1964), doutorado de 3e. cycle en Histoire Moderne pela Universite de Rennes I (1972) e doutorado em d' Etat en Histoire Contemporaine pela Universite de Paris VII (1984). Atualmente é Titulair da Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales e Professeur chargé de cours da Faculté de Médecine Lariboisière-Saint-Louis.

Público Alvo: Estudantes e Profissionais das áreas de História, Ciências Sociais Medicina e Ciências da Saúde
Data: 24 de junho de 2008
Local: Anfiteatro Hugo Gerdau – Santa Casa – Porto Alegre-RS
Inscrições: eventosmuseu@simers.org.br
Valor: R$ 10,00
Depósito: Banco do Brasil C/C. 33061-2 Ag. 1249-1
(Conta Associação dos Amigos do Museu de História da Medicina)
Apresentar o comprovante de pagamento no Credenciamento

Realização:
Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul
Centro Histórico Cultural da Santa Casa de Porto Alegre
UNIFRA
Departamento de História – Universidade Federal de Santa Maria
Apoio:
Sindicato Médico do Rio Grande do Sul
Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre
Instituto do Patrimônio Histórico e Cultural do Estado

I Encontro de Literatura e Psicoterapia do Instituto Fernando Pessoa

O I Encontro de Literatura e Psicoterapia do Instituto Fernando Pessoa acontece nos dias 30 e 31 de julho e 1º de agosto na sede da instituição (Rua Mariante, 356).

O encontro reunirá escritores, professores e psicoterapeutas para debater sobre a relação entre as áreas, além de abordar a criação literária. Estão confirmados nomes como Luiz Coronel, Valesca de Assis, Leonardo Brasiliense, Jaime Vaz Brasil, Laís Chaffe, José Eduardo Degrazia entre outros.

O evento tem o apoio do Programa de Pós-Graduação em Letras da UFRGS e da Associação Brasileira de Psicologia de Desenvolvimento.

Mais informações no site www.institutofernandopessoa.com.br.

Portal abre espaço para tirar dúvidas sobre produção

O Portal Artistas Gaúchos (http://www.artistasgauchos.com.br/)criou uma sessão para ajudar artistas e produtores independentes com suas dúvidas relacionadas a editais, montagens, enfim, todo o tipo de projeto cultural. A sessão é uma parceria com a produtora LIGA e as questões serão analisadas e respondidas por Dedé Ribeiro e Luiza Pires, além de publicar dicas e notícias relacionadas com gestão e produção cultural. O site também serve como um catálogo de artistas gaúchos, e o cadastro de artistas é gratuito.

terça-feira, 3 de junho de 2008

Porto Alegre ganha novo museu

O novo museu é um presentaço, mesmo para quem não gosta de arte moderna e contemporânea. E quem acha a construção estranha por fora, vai se apaixonar quando entrar. Na verdade, basta chegar na frente e virar para o Guaíba para já achar tudo diferente, e pensar "como é que eu não vi isso antes?".


O arquiteto Álvaro Siza fez juz a todos os elogios que recebe mundialmente por seu trabalho - e que vai projetar Porto Alegre para o Turismo tanto de arte quanto de arquitetura e cultura. Soube criar um espaço que, além de ter tudo a ver com o tipo de museu que abriga, valoriza a paisagem de uma forma que parece que não podia mesmo deixar de existir. O visual interno do Museu Iberê Camargo (Av. Padre Cacique, 2000) está longe de ser frio como o branco possa sugerir e entra em harmonia com o externo, e em dia de céu limpo, o pôr-do-Sol dá um show.

Único probleminha, a ser resolvido pelo museu e pela prefeitura de Porto Alegre: colocar paradas de ônibus, lotação e ponto de táxi EM FRENTE. Ninguém merece ser pobre, decidir ir ao museu e ser assaltado na volta. Porque é o risco de ir a frente ou voltar por aquele caminho deserto até a parada mais próxima. Sem falar que voltar para o Centro é um exercício. Para quem tem carro, tudo bem, mas para quem não tem... Se bem há quem já reclame do número de vagas no estacionamento. E mesmo aquele que pensar em deixar o carro em casa para passear, ser ecológico, vai ter problemas.

Outro ponto: faixa de segurança, urgente. Mais uma vez, quem tem carro, usa o subterrâneo. E os outros? Complicado até para o próprio museu, se as pessoas que não estacionaram resolverem circular pela passagem interna. De qualquer forma, precisa de sinalização. Enfim, nada é perfeito.

A propósito: amanhã começa a exposição "Primeira Missa no Brasil", no MARGS.

segunda-feira, 26 de maio de 2008

Fé e Vida: documentários contam histórias de parteiras e benzedeiras



Histórias de parteiras que trouxeram à luz milhares de crianças, mesmo que para atender às mães fosse preciso sair na chuva, à noite, sozinha, enfrentar enchentes, estradas esburacadas e até mesmo deixar seus próprios filhos para trás. Benzedeiras que atraem pessoas de cidades distantes pela força de sua oração. Estas e outras histórias estão nos documentários Fé e Vida, produzidos pelo fotógrafo e documentarista Felipe Henrique Gavioli para a mostra Mulheres e Práticas de Saúde: Medicina e Fé no Universo Feminino, que acontece no Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul (MUHM) até 13 de junho.

A partir das entrevistas realizadas em Porto Alegre e Interior pelo historiador Éverton Quevedo, do MUHM, para a exposição, resultaram os documentários Fé - com duração de 20 minutos, sobre as benzedeiras - e Vida - sobre as parteiras, com 17 minutos. Para compor a trilha sonora do documentário Vida, foi escolhida a canção Deixando o Pago, de Vitor Ramil, e a música Entardecer no Pontal, de Renato Borghetti, para o documentário Fé. Felipe Henrique Gavioli é também o autor das fotos dos painéis da mostra, tanto os que retratam as parteiras e benzedeiras como as fotos com as dez médicas homenageadas na Sala Rita Lobato, que também inclui fotos antigas do acervo do museu.

Algumas histórias

Dona Iara Tavares de Ávila Veiga é parteira formada. Em 1952, concluiu o curso de Enfermeira Obstétrica na Faculdade de Medicina de Porto Alegre. Depois, fixou residência em Viamão, onde foi por anos referência. De tão conhecida, tornou-se vereadora, conquistando em seu mandato verbas para a criação de uma enfermaria destinada às parturientes no hospital do município. Sempre levou em consideração as orientações de seus professores médicos, que alertavam para a necessidade de um acompanhamento à futura mãe, desaconselhando um parto "de última hora". Já instalada em Porto Alegre, chegou a abrigar em sua casa mulheres de outras cidades e até de outros países. Mulheres do Uruguai e Argentina iam até ela em busca de atendimento. Aposentou-se com mais de 6 mil partos e uma história em cada um deles. Atendendo aos milhares de chamados, assistiu os mais diferentes costumes - e às vezes precisou intervir, em nome da saúde da mãe e da criança.

Descendente de escravos, Dona Miguelina Maria de Lemos e Silva nasceu em 1902, e é a quilombola mais idosa do Estado. Sempre morou em Mostardas, onde atuou como parteira e benzedeira. Aprendeu a fazer partos com a mãe e a benzer ao longo de sua vida. Ficava dias fora de casa, atendendo a quem precisasse, "fosse negro ou branco". Chás e rezas faziam parte de seu repertório contra todos os males. Hoje, não benze mais, mas continua sendo procurada por pessoas de todos os lugares.

Como assistir

Os visitantes da exposição podem assistir aos documentários no próprio museu, que funciona de terças a sextas-feiras, das 11h às 19h, sábados, domingos e feriados, das 14h às 19h, na avenida Independência, 270, Centro de Porto Alegre. Visitações de grupos e Ações Educativas para alunos a partir de 4ª série devem ser agendadas pelo fone (51) 3029.2900. A entrada no MUHM é gratuita.